RESUMO DA 9ª SESSÃO ORDINÁRIA DO LEGISLATIVO DE ASSIS BRASIL

por Antonia Nascimento publicado 02/09/2020 13h34, última modificação 02/09/2020 13h34
CONFIRA AS PAUTAS!

INDICAÇÕES APRESENTADAS NA SESSÃO 

INDICAÇÃO Nº 005/2020 do Vereador MANOEL MATIAS DE SALES – MDB, para que a Prefeitura realize um serviço drenagem na rua Francisco das Chagas.

USARAM A TRIBUNA

1 MANOEL MATIAS (MDB) 

Falou sobre a rua Rafael Martins Leão, relembrando que convidou os colegas para fiscalizarem esgoto que nunca passou uma gota de água. Disse também que na rua Rafael Martins se não for feito o escoamento de água, quando chegar o inverno alguns moradores vão sofrer com alagação. Acrescentou que ninguém tem culpa de o orçamento estar defasado o recurso, mas tem que zelar para que a população não sofra com isso. Sobre a questão do DEPASA, contou que o gestor apanhava diariamente nas redes sociais, que tinha muita gente pedindo para ele sair, inclusive fizeram abaixo assinado, e que ele ganha apenas SEC 01 para aguentar tudo isso. Disse que o gestor Arquileudo por diversas vezes quis desistir do cargo, mas o Vereador o incentivou a não desistir. Que ele tentou entregar o cargo, mas o diretor geral não aceitou porque ele estava prestando um serviço muito bom e não podia sair.  Informou que Arquileudo, com comprometimento andou e conheceu todo o sistema de água, detectou aonde estava o problema e buscou a solução, então Assis Brasil precisava de alguém como ele, com visão de futuro porque assim como as pessoas precisam de checape, a tubulação precisa também precisa de manutenção. Hoje está feliz que o problema está resolvido. No tocante, agradeceu ao Prefeito pela parceria, pois ajudou no que foi preciso. Disse que hoje o DEPASA tem 03 vigias pagos pela Prefeitura. Que hoje o sistema de abastecimento de água é outro, totalmente diferente e Assis Brasil tem um ótimo sistema para pelo menos os próximos 08 anos. Mudando de assunto, abordou sobre temas particulares da Casa Legislativa abordados na Ordem do Dia, destacando que Assessora não tinha culpa do acontecido, uma vez que apenas cumpre ordens.

 02 ANTONIA CAVALCANTE (PCdoB) 

Falou sobre situação que está acontecendo dentro da Secretaria de Educação, aonde os professores do Azinha, fizeram seletivos, foram selecionados, estiveram em uma reunião e depois receberam por mensagem a informação de que seus salários serão suspensos. Nisto solicitou ação dos Vereadores para averiguar a situação e tomar providências cabíveis, uma vez que tais professores não têm culpa da pandemia que está havendo no mundo, além disso eles tem contas para pagar. Destacou que são professores contratados, e sabe que a educação tem recursos para pagar, apesar de os pagamentos terem sido suspensos. No tocante indicou aos professores que procurem seus direitos no Ministério Público, porque não é justo eles ficarem sem receber, tendo dinheiro nas contas da Educação. Reiterou pedido de apoio dos colegas para não deixar isso acontecer, porque já estão cansados de ser patrolados, como foi o caso que aconteceu em relação a presidente. Continuou dizendo que houve uma professora de licença maternidade que queria se inscrever no asinhas e foi aconselhada pela secretária a não se inscrever porque iria continuar trabalhando, mas aconteceu o contrário, depois do final da licença ela teve o contrato encerrado. Dentre outros assuntos, se retratou com o Secretário de Obras, quando reclamou na semana passada de ele não ter colocado máquina para a Palestina, e que essa semana eles foram para o ramal da palestina e estão fazendo a recuperação do ramal, nisto agradeceu pelo trabalho que está sendo realizado. Mudando de assunto, falou em resposta ao Vereador Manoel Matias, que o abaixo assinado que ela fez, foi solicitando ajuda para melhorar a questão do abastecimento de água em Assis Brasil e não para retirar o gestor. Se outra pessoa fez para retirá-lo ela não tem conhecimento. Finalizou convidando os Vereadores para averiguar a questão dos provisórios, porque os outros professores que vão ficar sem receber, eles sequer podem solicitar auxílio emergencial, porque eles estão com a carteira assinada, tem que ver também o que está acontecendo com o dinheiro da educação, porque tem certeza que está na conta, só não sabe porque não vai ser feito o pagamento dos seletistas. Destacou que os professores permanentes estão todos recebendo, apesar da pandemia, então tem que levantar uma bandeira de luta em favor desses professores que tiveram seus pagamentos suspensos.

MATÉRIAS VOTADAS NA ORDEM DO DIA

Discussão e votação do PROJETO DE LEI Nº 17/2020, datado de 13 de Agosto de 2020, de autoria do Executivo Municipal que dispõe sobre autorização para suplementação de crédito adicional especial, e dá outras providências (APROVADO POR UNANIMIDADE);

Discussão e votação do PROJETO DE LEI Nº 18/2020, datado de 24 de Agosto de 2020, de autoria do Executivo Municipal que dispõe sobre alteração no orçamento vigente do município por meio de abertura de crédito adicional especial por anulação de despesa financeira para o exercício vigente, e dá outras providências. (APROVADO POR UNANIMIDADE);

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.