21ª Sessão do Legislativo de Assis Brasil

por Antonia Nascimento publicado 28/08/2019 14h03, última modificação 28/08/2019 14h03
Confira as pautas da sessão!

1 PAULO SALES

Parabenizou a Vereadora Toinha pelas suas indicações e desejou sorte, que sejam realizadas pelo menos um terço das suas reivindicações. Parabenizou a igreja Assembleia por festa muito bonita que fez na comunidade Guanabara, aonde as pessoas tiveram a oportunidade de louvar a Deus com muita paz. Relembrou que antigamente o Guanabara era um local muito perigoso e graças a Deus, hoje está calmo e tranquilo. No demais falou que está chegando a Semana do Evangélico, e foi questionado se existe recurso esse ano para realização de evento gospel, fato que solicitou informações dos demais parlamentares. Dentre outras coisas, cobrou a realização de paliativo no ramal do km 10 e km 88, pois estão muito necessitados e ambos têm alunos que precisam se deslocar para vir até a escola. Finalizou reclamando que a população não assisti sessões, mas cobra duramente na rua, sem saber quais são as reivindicações feitas na Casa, cobram coisas que muitas vezes já temos reivindicado diversas vezes.

2 MANOEL MATIAS

Sobre a saúde, o Posto Terezinha está com uma semana que não tem médico e nem medicamentos de pressão. Acredita que com o tanto de recursos aprovado pela Casa, não era para estar faltando medicamentos. Destacou que o parlamento tem cobrado e que nem o Secretário nem Prefeito podem dizer que é falta de recurso, porque recurso tem. No demais, enfatizou não saber o porquê de Prefeito manter o Secretário de Saúde no cargo, no entanto o mesmo deve cobrar e fazer valer o direito dos cidadãos. Mudando de pauta, relatou sobre a inauguração do Projeto Pequenos Ecologistas, contando que perdurou um ano de muita luta, mas no final a inauguração foi muito bonito e que graças as parcerias o Projeto foi executado. Nisto contou que este era um sonho da Professora Mirileia e que graças a Deus, foi realizado. Acrescentou que o Prefeito também ajudou na realização do mesmo e foi um Projeto que teve custo alto, mas saiu barato para todo mundo por conta de ter sido abraçado por todos. Continuou anunciando que o Projeto vai suprir as necessidades da escola Simon Bolívar e também gerar renda pois a escola também poderá vender as verduras e o dinheiro vai servir para fazer pequenas manutenções na própria escola. Disse que além da horta, o projeto vai ensinar as crianças a lidar com a natureza, então não vai parar por ali. Finalizou informando que na inauguração, a Secretaria do Juiz disse que se precisar, tem recurso no Fórum para investir no projeto.

3 LÁZARO MANCHINERI

Agradeceu pelo ramal do Icuriã estar melhor, pelo preço da passagem ter diminuído, era 500 reais e baixou. Mudando de pauta, afirmou que se fosse candidato de novo, tiraria em primeiro lugar em Assis Brasil porque sempre atendeu bem as pessoas, sejam indígenas ou não. Disse que na aldeia tem cerca de 150 votos garantidos.

4 ANTONIA CAVALCANTE 

Relatou sobre sua participação em campeonato. Destacou que foi questionada sobre o EJA ser encerrado, no que procurou as autoridades competentes e foi informada que os boatos eram falsos. Mudando de pauta, contou que fez oito indicações e uma delas é a ponte sobre o igarapé paxiúba, aonde a ponte caiu e os moradores tiraram uns troncos e colocaram para passar pelo menos moto. Então o que lhe preocupa é que no ramal tem alunos e o ônibus não está passando lá, tendo que fazer a volta. Nisto solicitou que seja feita a ponte em caráter de urgência. Disse que fez documento para o DETRAN pedindo a suspensão de blitz no pé da ladeira, até que o DNIT venha fazer reparo prometido. Criticou que três pessoas foram autuadas pela PM na descida da ladeira porque foram desviar dos buracos pela contra mão. Reclamou que nada foi amenizado sendo que a culpa é dos buracos na ladeira. Dentre outros assuntos, contou que participou de audiência pública em Brasileia, juntamente com os Vereadores Ivelina, Gilda, Tchero. Disse que alí, os discursos das autoridades foram muito bonitos, mas solução não teve nenhuma, porque ainda há apenas um delegado para atender 4 municípios, Delegado este que está viajando para a Bahia e os municípios estão à mercê. Reclamou que dos 3 senadores do Estado, apenas 1 estava presente, a Mailza Gomes, nenhum Deputado Federal estava presente e estadual só tinham 2. Nisto percebeu o descaso com a Segurança Pública. Destacou que fica com medo porque anoitece já tem que fechar as portas de casa porque não tem segurança nenhuma em Assis Brasil, pois na Delegacia só tem 1 policial civil, e este tem direito a férias, horário de almoço e quando sai da delegacia fica sem ninguém, fechada. Disse que está havendo treinamento para policial para assumir, mas sabe que muitos deles já passaram em outros concursos e irão para outros locais. Outro tema abordado foi sobre a semana do evangélico, Projeto de sua autoria, que tentou colocar dentro do orçamento do ano passado um recurso específico, mas não foi possível. Então ficou só na conversa, no que rezingou que é difícil aprovar as coisas e elas não saírem do papel. No demais, falou sobre discussão que teve com mototaxista, que posta coisas nas redes sociais dizendo que vereadores não fazem nada. No que discutiu e o convidou para participar da sessão na Câmara e ver que todos estão desempenhando seu papel. Relembrou que se a taxa de mototaxista baixou, foi porque a Câmara aprovou; se ele tem uma placa de mototaxista para trabalhar é graças à Câmara que também aprovou, então eles têm que saber que o Vereador faz seu papel. Finalizou fazendo críticas à saúde do Estado, a Unidade Mista de Assis Brasil que hoje está uma situação caótica, falta de muro; não tem segurança; hoje tem apenas dois enfermeiros na unidade mista, mas precisaria de 5 enfermeiros; Tem 3 Médicos, está dentro da meta, no entanto apenas 1 que é o Dr. Marcelo atende as pessoas com humanidade; Tem 2 vigilantes para vigiar apenas a noite, durante o dia fica sem ninguém, precisaria de 4; Fechadura da enfermagem masculina é fechada com um pedaço de madeira; Não tem ar condicionado; Na enfermaria precisa trocar tudo; na sala de parto, as macas são antigas todas enferrujadas; não tem incubadora, entre outras coisas.

5 CLÁUDIA GONÇALVES 

Sobre a saúde, contou que Sexta-feira esteve acompanhando paciente no hospital, aonde médico teve que ir para itinerante e hospital ficou à mercê esperando Doutora que viria de Brasileia e que veio chegar às 19hs da noite, então passou o dia todo sem médico, sendo que nessa mesma Sexta-feira nenhuma Unidade Básica de Saúde tinha médico. O Posto Terezinha há uma semana estava sem médico, porque Dr. David faz o que quer, só atende o dia que quer e no Gildo Ferreira, a equipe estava no itinerante. Destacou que na saúde do município falta de medicamento, remédio da pressão, sendo isso um caso revoltante porque aprova na Casa muita suplementação de recurso e não tem medicamento. Mudando de pauta, abordou sobre os ramais aonde o trator começou a mexer no Iracema, patrou vai entrar no Erecê, o Ramal do km 10 foi feito a ponte, mas não foi concluído o ramal. Quanto às ruas, os trabalhos ainda não começaram. Nisto destacou que no dia que o governador esteve em Assis, ela falou da necessidade de se fazer o muro do hospital; sobre a suspensão das blitz, etc. Contou que recentemente aconteceu acidente na descida da ladeira, por conta das blitz na ladeira pois os PMs ficam perseguindo os condutores como se fossem bandidos perigosos, enquanto os verdadeiros bandidos estão rindo da cara deles. Aproveitando o gancho, reclamou de um determinado PM que chegou em Assis Brasil e está fazendo diversas autuações, sendo que muitas vezes a pessoa multada não estava nem na cidade e quando vê chega a multa dizendo que ela estava andando na rua tal, hora tal.

A parte MANOEL MATIAS DE SALES, o Estado quer que o cidadão ande 100% certo, mas não faz a sua parte, as vias são todas esburacadas. Tem certeza que até o carro da polícia militar se vier descendo a ladeira e não tiver carro vindo, vai desviar dos buracos pela contra mão. Estado tem que fazer sua parte para poder cobrar do cidadão. Sobre a Divisão, também é contra a polícia fazer blitz naquela localidade rural. Acha desnecessário. Tomar arma concorda, mas fazer blitz não.

Com a palavra de volta, Cláudia solicitou ajuda dos demais colegas para pedir reunião e tentar resolver essa situação.

 ANTONIO CAMELO 

Disse ter ouvido uma conferência do Prefeito e caçambeiros, para na Quarta-feira ter 80 toneladas de asfalto na ladeira para tapar os buracos, sendo essa uma parceria do Governador com o Prefeito, então já é uma boa esperança de que se resolva esse problema da ladeira. Reclamou que o DNIT está com problemas com as empresas contratadas porque não terminam os serviços para os quais foram contratadas. Sobre rua Eneide Batista que está toda esburacada, disse que já está licitada para ser feita e não sabe porque ainda não começou, que já tem mais de sessenta dias e não foi iniciada. Quanto a rua Rafael Martins não está sendo feita porque o dinheiro é pouco, nisto vereadores têm que cobrar do Prefeito porque se a empresa que ganhou passar do prazo, a outra pode assumir.

A parte Ana Cláudia da Silva Gonçalves de Moraes, as outras duas ruas ainda não foram licitadas, só foi licitada a Rafael Martins e Praça das Bandeiras.

Com a palavra de volta, Antônio disse que só estava repassando o que lhe havia sido repassado pelo Douglas e reclamou sobre ter sido corrigido na tribuna, pois Presidente deveria tê-lo esperado terminar o discurso.

Dentre outras coisas disse que acha bonito a Vereadora Toinha apresentar um monte de indicações, mas o que acharia bonito mesmo seria uma patrulha mecanizada no município com pelo menos mais três tratores, niveladores, umas 10 par mecânica, entre outras coisas. Por fim, criticou que as pessoas reclamam que vereador não faz nada, mas na realidade faz sim, o fato é que o Vereador não executa, quem executa é o Executivo. Finalizou falando que provavelmente a recuperação da ladeira acontecerá ainda essa semana.

7 WENDELL GONÇALVES 

Disse que procurou o setor de licitação porque quando está na rua recebe muitas indagações e cobranças, então vende o que passam pra ele. A rua que está sendo licitada, o empresário desistiu porque o orçamento foi feito em 2014 e agora já está defasado. Em 2014 era para fazer apenas um recapeamento porque a rua estava melhor, mas hoje tem que fazer o tapa buracos e depois o recapeamento asfáltico, então Prefeito irá conversar com o Governador para conseguir alguma solução de ajuda. Pegando o gancho da Vereadora Toinha, sobre participação na audiência pública de segurança na fronteira, tinham muitas autoridades, nisto conversou com diversas autoridades municipais e percebeu que os problemas enfrentados são iguais. Cobrou que em Assis Brasil, Governador teve votação expressiva, então espera que governador olhe com carinho para esse município, principalmente no tocante aos ramais com ajuda de maquinários. Reafirmou que Claudia repassou muitos dos problemas de Assis Brasil para o Governador, tais como muro do hospital, ramais, saúde, dentre outras questões. Mudando de pauta, falou sobre a polêmica de acabar o EJA, no que conversou com a coordenadora do núcleo e ela destacou que algumas turmas irão fechar por conta de evasão dos alunos que começou com 12 e hoje só tem 2 alunos, também terão algumas turmas suspensas temporariamente por conta de demissão de professores que estão atuando sem seletivo para colocar aqueles que passaram no seletivo. Dentre outras coisas contou que na Quinta-feira, veio comissão do ramal do 88, para participar de reunião com Prefeito sobre recuperação do ramal pois tem muitos alunos naquela localidade, no que o Prefeito disse que iria a RB conversar com Governador, para ver se será liberado alguma máquina para poder dar uma resposta ao povo. No demais disse que o trator esteira da Seaprof está à disposição do município, e espera que dê conta do ramal do Recife, pois quando chove não é fácil, inverno está chegando. 

8 IVELINA ARAÚJO 

Falou sobre as péssimas condições da rua Rafael Martins Leão, destacando que espera que seja melhorada o mais breve possível, pois estão esperando que a entrega do ginásio aconteça para final de Setembro e entrada está ruim. Nisto disse que estará fazendo requerimento, solicitando informações sobre o reall prazo de entrega do Ginásio. Também fará requerimento, sobre contribuição de água que antes sua taxa mínima era 14 reais no entanto agora na sua casa está em 35,00 reais sendo que seus gastos não aumentaram. Sobre audiência pública, disse que infelizmente a vida do cidadão de bem não está sendo valorizada, precisa-se de prevenção pois cada vida que evitar de ser ceifada por conta de violência, acidentes etc, será um ganho a mais. Disse que hoje a única convicção que os bandidos têm, é que não serão punidos por seus crimes, então percebe que aumentou o número de mortes por conta do aumento das facções. Hoje estão tirando a vida de alguém por muito pouco, por 50 reais, ou até mesmo porque a pessoa não tem dinheiro. Mudando o foco, parabenizou projeto Pequenos Ecologistas e destacou que foi bem sucedido graças à parceria de todos. Disse que Projeto pode servir de incentivo para outros tipos de plantações e de conscientização das crianças. Finalizou falando sobre Itinerante no ramal do Catianã, aonde foi ofertado vários serviços à população local e que apesar de não ser completo mas tem sua grande importância para as comunidades rurais.

 

3 GILDA ALMEIDA 1:51MIN

Parabenizou a professora Laila por seu aniversário, elogiando que ela é digna e merecedora de tudo isso e muito mais, pois no município tem muitas vidas que ela ajudou a trazer ao mundo. Agradeceu e parabenizou Zé do posto pelos serviços feitos nos ramais, pois aonde passam fazem o que podem para melhorar a qualidade dos ramais. Parabenizou Vereadora Toinha, pela carrada de indicações e desejou que suas indicações sejam ouvidas pelo Executivo, uma vez que muitas das indicações da própria base não é concretizada,  fato que gera muita crítica por parte da população. Dentre outras coisas, disse que repudia pessoas que vão às redes sociais criticar vereadores, querendo que eles vão as ruas bater concretos. Que falam isso porque não sabem qual é o real papel do Vereador, que têm a obrigação de fiscalizar e não de executar. No demais agradeceu à presidente por ter enviado os Vereadores para participar da audiência em Brasileia, uma vez que os demais municípios estavam em peso na audiência, então seria vergonha se Assis não tivesse participado. Contou que se entristeceu quando foi falado que Assis Brasil é o mais vulnerável porque a polícia prende e quando chega na delegacia tem que soltar pois não tem delegado, nem policiais para guardar o preso, etc. Nisto observou que as facções estão aumentando surrealmente mais que o quantitativo de policiais. Disse que em Assis não tem policiais suficientes para fazer a ronda na cidade, por isso está muito vulnerável, principalmente por ser cidade de fronteira. Relembrou que Governador se comprometeu em ajudar Assis Brasil e indicou que Vereadores devem se juntar em comissão e ir a Rio Branco falar cara a cara com o Governador para cobrar as necessidades do município. Disse que devem fazer como Brasileia e Epitaciolândia. Finalizou dizendo que um delegado para atuar em 4 municípios, ele não dá conta nem de um, quanto mais dos outros.

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.