16ª Sessão Ordinária teve diversas pautas discutidas pelos Vereadores. Confira!

por Antonia Nascimento publicado 09/06/2021 19h52, última modificação 09/06/2021 19h52

USARAM A PALAVRA

1 FRANCISCO MOURA (PCdoB)

Disse que o Secretário de Obras tem feito muitas coisas, mas pediu encarecidamente que realize um tapa buracos na localidade perto do Canecão, em frente a Priscila pois há um buraco que pode acontecer um acidente. No tocante ressaltou que alí cabe meia caçamba de barro. Outro buraco seria em frente ao Raife, onde cabe uma caçamba de barro. No demais contou que visitou o Bela Vista, e solicitou que seja feito retorno nas quatro ruas para que possa vai entrar ambulância. Também contou que recebeu reclamações sobre um buraco em frente a senhora Nete, que não está parando nem caminhão para fazer entrega. Nisto deixou seu apelo para que o Secretário de obras faça um trabalho no local.

2 EDUARDO MARQUES (PT)

Pediu desculpas aos companheiros por não estar presente na ultima sessão, disse que se sentiu culpado porque saiu na ultima hora de casa e foi um dia Pediu desculpas aos companheiros por não estar presente na última sessão, disse que se sentiu culpado porque saiu de casa na última hora e foi surpreendido com a chuva por isso não conseguiu chegar até a Câmara. Contou que fez um evento e convidou Secretário de Obras, de produção, Presidente da Casa, entre outros para sanar dúvidas da comunidade, mas não foi possível a presença deles porque o sec. Estava doente, o presidente tinha outro compromisso e então marcou para o dia 3 de Julho uma reunião. Sobre Energisa, disse que quando teve a inauguração o Presidente da empresa disse que produziria para toda Assis Brasil. Nisto pediu que os parlamentares cobrem nas comunidades visitadas que façam o cadastro no escritório da Energisa, para poder o engenheiro ir fazer o levantamento do ponto que necessita de energia. Dentre outras coisas disse que se cada morador tiver oportunidade de escoamento da produção, energia elétrica e ramal melhorado, já realizou seu sonho de lutar pela causa de todos como Vereador. No demais relembrou a festa dos toyoteiros que votaram nele para defender o ramal do Icuriã. Relembrou que quando Jerry ganhou, disse que a carga do Zum, foi para as costas de Jerry e pesa porque Assis Brasil não tem máquinas, então Jerry precisa contratar máquinas para trabalhar. Finalizou dizendo que muitas coisas dependem do Governo para acontecer.

3 MANOEL AROLDO (MDB)

Se solidarizou a todos os familiares enlutados pelas perdas de pessoas queridas. Em relação a seu primo César, se solidarizou com as duas partes da família, justificando sua ausência no sepultamento. Depois falou que o seletivo da secretaria de obras saiu na segunda-feira. Quando viu as pontuações de entrevistas ficou com medo porque sabe o que sua esposa passou em seletivo passado. Disse que no item 1, diz que pontuação é por experiência de quem trabalhou. Criticou porque muitas pessoas já ficam de fora, mesmo tendo bom Curriculum. Disse que tem observado transparência nos seletivos anteriores sem beneficiar ninguém, parabenizou o Prefeito, destacando que ele estava trilhando o caminho certo. Desejou sorte aqueles que tiverem os méritos. Pediu que o seletivo da Obras seja transparente, para beneficiar quem tem méritos e conhecimentos. Mudando de assunto falou sobre os trabalhos dos ramais destacando que é conhecedor de que não tem máquinas para resolver os problemas do município da noite para o dia. Disse que existem muitas burocracias para receber emendas e adquirir máquinas e o município não tem recursos próprios para comprar. Disse que em relação aos ramais viu a gestão acelerando nos passos, mas também percebeu o recuo por conta das máquinas. Relembrou reunião com Petecão em sua legislatura anterior, onde o mesmo perguntou qual eram as necessidades do município e ele pediu um pá e outras máquinas pois sabia da necessidade de se fazer os ramais. Finalizou dizendo que vai estar andando nas comunidades para ver quais foram as promessas da gestão para poder cobrar do executivo.

4 JURACI PACHECO (PT)

Comentou sobre projetos que já foram votados na Casa, tais como o de doação de 05 placas para mototaxistas, destacando que como relator participou de reunião com os membros do sindicato, onde eles pediram para diminuir a quantidade, mas destacou que não daria prejuízo e manteve a doação das 05 placas.  Nisto disse que a Casa fez foi contribuir para que mais 05 famílias tivessem seu sustento. Relembrou também o projeto de isenção do IPTU, disse que conversou com advogado e o prefeito, que não concordava em isentar o IPTU 2020 e com muita luta a Casa conseguiu anistiar 100% do IPTU 2020. Nisto reclamou que quando saiu a reportagem, enalteceu apenas a Prefeitura, embora deveria ter enaltecido também o trabalho dos vereadores da Casa. Sobre a situação da maromba, disse que já vai para dois meses ou mais que o Projeto foi aprovado, no entanto a Maromba está desde janeiro trabalhando sem que a sessão fosse feita. Criticou que a licitação está parada e não sabe o porquê. O tempo está se arrastando e Jerry está no mesmo caminho de Betinho e Zum em relação a maromba, então o Legislativo precisa tomar providencias, porque a situação não vai apenas para cima do Prefeito e sim para os Vereadores também. No tocante questionou se algum Vereador sabia quantos tijolos foram entregues para Prefeitura em relação a porcentagem que o cessionário deve dar. No tocante disse que todos devem ter mais atenção, pois não é apenas aprovar PL, e depois ficar sem saber o que está acontecendo. Relembrou sobre pedidos que fez e as respostas chegaram incompletas de forma não prática, exemplificou a resposta dos ACS que foi encaminhada sem destacar aonde é área 1, área 2 etc. Nisto também reclamou da morosidade nas respostas para a Casa. Mudando de assunto contou que esteve na comunidade acima do Bela Vista, juntamente com o Prefeito, onde participou de reunião que tratou sobre ramais, luz para todos, etc. Falou da dificuldade de fazer o ramal da Lora, destacando que o Prefeito tem que fazer o que está ao seu alcance, prometer o que sabe que pode cumprir. Mudando de assunto, disse que está preocupado com a situação da secretaria de agricultura, pois presenciou inauguração da beneficiadora de café, falou –se muito na produção de café, mas tem que ter pés no chão, pois já são 08 de junho e ainda não chegaram as pessoas responsáveis por fazer o viveiro do café e se não tomar as devidas providencias, vai chegar a hora de plantar o café e não terá nada pronto. Finalizou dizendo que precisa-se haver mais coerência para que as coisas não desandem, que os Vereadores precisam orientar o Prefeito  porque o Secretário não fala aquilo que o Prefeito precisa ouvir, a verdadeira realidade do que está acontecendo.

Sobre Projeto do FGTS, sendo ele o relator da comissão disse que se tivesse sido irresponsável e colocado em votação, hoje estaria aprovado mas não é irresponsável e com isso o PL só seria votado após discutido com a categoria. Disse que conversou com advogado, que lhe informou que todos os municípios brasileiros mais cedo ou mais tarde terão que aderir. Fez reunião com todos os Vereadores repassou a situação. Nisto destacou que o Projeto foi retirado da sessão passada porque Prefeito pediu para que Presidente tirasse da Mesa, para ser discutido mais um pouco. No entanto na segunda-feira em reunião com o Prefeito ele pipocou e desistiu de tudo o que tinha dito e o PL não vai mais para votação. Destacou que o Prefeito disse que talvez coloque o Projeto de novo ano que vem. Nisto questionou qual é a diferença de ser votado esse ano e ser votado ano que vem. Disse que Não tem que pensar no aqui, agora, Tem que ter responsabilidade com o fisco do município. O Prefeito teve a chance de começar, mas pela infelicidade de uma reunião que teve com alguns gestores, que não representam toda a classe da educação, ele mudou de opinião. No tocante disse que acha muito difícil esse projeto vir para a Casa novamente, então Prefeito perde a oportunidade de iniciar reforma na Prefeitura, sendo que a mesma está lotada de precatórias e não se sabe quando vai pagar, então não deveria ter medo de enxurradas de ações judiciais da educação. Se prefeito não tiver pulso para fazer e iniciar as reformas, o município vai capengar durante muitos e muitos anos e não vai sair do atoleiro que se encontra. Destacou que Assis Brasil tem 4 inadimplências difíceis de sair delas e só sairá se prefeito tiver pulso firme. Disse também que ficou triste e que veio para a Casa para lutar pela maioria das categorias de Assis Brasil. Sabe que dói em algumas pessoas, porque até as palavras de Jesus que era só amor, doía em algumas pessoas. Ficou chateado, decepcionado, decepcionado com a ação do Executivo em relação à Casa, espera que o Executivo pense bem antes de fazer esse tipo de papagaiada com a Casa.

5 WERMYSON MARTINS (PSDB)

Deixou o salmo 133 para reflexão. Deixou seus pêsames às famílias que perderam pessoas queridas, que Deus console o coração de cada um. Parabenizou Aroldo por seu aniversário. Falou sobre o  esporte, destacando que já se abriu tudo, mas falta o esporte em Assis Brasil, que precisa abrir o ginásio. Outro assunto foi o saneamento básico, onde destacou que tem esgoto a céu aberto no meio da cidade e tem que tomar providência, citou esgoto que passa em frente à casa de Jerry, então tem que tomar providências. Mudando de assunto parabenizou a Secretaria de Saúde, Ivelina, por atender com humanidade as pessoas, falou sobre o itinerante que aconteceu no final de semana com atendimentos em diversas especialidades. Falou sobre os projetos que chegam na Casa, destacando que não é manipulado em suas opiniões. Falou sobre a resposta de seu requerimento sobre o valor arrecadado com iluminação pública, fato que postou na rede social e o Prefeito entrou pediu que o Vereador divulgasse também que o valor que a Prefeitura paga de iluminação é muito mais alto que a arrecadação. No tocante, cobrou que Secretaria do Prefeito enviasse tais informações mais específicas para a Casa para que o ele pudesse estar repassando para a população. Falou sobre o Portal da transparência da Prefeitura, destacando que visualizou informações financeiras a respeito de quanto havia sido empenhado na saúde, agricultura e outras secretarias, nisto destacou que na próxima sessão terá maiores informações.

6 WENDELL GONÇALVES (PSDB)

Deixou seus pêsames às famílias enlutadas pelas perdas de Joelânio, Cezinha, Clemildo, pediu que Deus os conforte. Mudando de assunto, parabenizou o nobre colega Aroldo pelo seu aniversário. Depois disse que o Ramal do Icuriã, dia 22.06 será feito o lançamento do programa de melhoria no ramal e que na segunda-feira começou-se a dar melhorada no ramal. Em relação à maromba, recebeu mensagem do Secretário de Planejamento, Edmilson, onde foi informado que a licitação está em fase de elaboração. Nisto destacou que se os Vereadores não estiverem cutucando para saber as coisas não andam, nisto concorda com as cobranças do Nobre Vereador Juraci. No demais disse que a Legislatura está buscando fazer a diferença. Pediu que Prefeito mande projetos polêmicos para alavancar a cidade, porque todos têm que fazer a diferença. Disse que não é fácil fazer um voto favorável a um PL polêmico, mas não adianta pensar em uma ou duas pessoas se elas não são a maioria, então o coletivo deve sobrepor o individual. Disse que a Casa tem que ter coragem, postura, lealdade, consciência e discernimento para quando chegar os projetos tentar entender 100% o que diz o PL e votar com a consciência tranquila. Mudando de assunto falou sobre a reabertura do ginásio que está previsto ainda para essa quinzena com a realização de torneio. Falou também sobre o itinerante da saúde no final de semana, destacando que teve muita gente sendo atendida. Mas um dos gargalos que ficou a desejar foi a questão da internet, porque o eco e eletrocardiograma necessitavam de internet para poder fazer. Nisto destacou que desde a gestão passada tem cobrado, mandado ofício para ANATEL sobre o assunto. No demais, sobre a vereança, disse que não é fácil ser presidente e não poder se expor ante os Projetos, que tem tentado conduzir a Casa da forma correta, mas no caso de dar empate em alguma votação, dará seu voto com discernimento. Finalizou dizendo que o Vereador tem que estar presente na Casa para se reunir, nisto destacou que a presença de Peleco é de grande importância nas discussões dos projetos.

6 MANOEL AROLDO

Pegando gancho nas falas de Juraci, a respeito da maromba, agradeceu os chavancos na orelha para cobrar sobre o que é aprovado. Nisto relembrou a votação do Projeto da maromba, citando a questão do César, Gago, Chico Bessa que poderiam concorrer à licitação. Relembrou que na gestão de Betinho, poderia fazer sessão de uso da maromba para a Casa aprovar, mas naquela gestão também foi amarrado que somente poderia ceder através de licitação. Disse que concorda com Juraci, que tem que cobrar para saber o que está arrecadando, tem que saber o que se arrecada de cada setor. Disse que é constitucional que todos os gestores de recursos deveram prestar contas. Falou que conversou com Gago e ele fez grande investimento, então não sabe como que o Prefeito vai lidar com a situação. Sobre descascadora de café, ouviu um produtor perguntando se a peladeira já estava funcionando, informou que não estava, mas disse que irá reunir com Secretário para ver quando vai funcionar. Em relação aos projetos, disse que a Casa por não ter assessoria jurídica, muitas vezes fica sem entender completamente um projeto. Relembrou projeto polêmico dos terrenos da AMOPREAB. Disse que se o PL do FGTS tivesse entrado na votação ele teria dado seu voto. Finalizou falando sobre a visita de Jerry aos gabinetes dos parlamentares e que todos se propuseram a ajudar o município.

 

7 GILDA ALMEIDA (PSD)

Deixou pêsames a família da sua amiga Neide, pelo falecimento de seu querido filho, destacando que uma mãe jamais esquece a dor da perda. Pêsames a sua amiga Helena pela perda de seu filho e também pela perda do outro rapaz que não conhece. Mudando de assunto parabenizou o Presidente por ter tido a senilidade de ter acolhido a decisão do Prefeito, porque ela não teria tido a sensibilidade, ela não tiraria o projeto da votação, porque já estava no comando da comissão e do Presidente. Disse que Jerry poderá vir a se arrepender porque era uma oportunidade de abrir mais uma porta para ajudar a população. Nisto disse que em parte a Comissão ficou desmoralizada, nisto não ficou feliz. Disse que o Projeto não foi votado porque foram impedidos de votar. Disse que ficou  triste porque o projeto foi tirado porque iria beneficiar muita gente e que talvez no outro ano não tenha a mesma chance. Disse ainda que o relator da comissão, Juraci, tem a sensibilidade de chamar todos os Vereadores para explicar para cada um, ponto por ponto sobre os projetos. Nisto o parabenizou. Finalizou dizendo que ainda virão muitos projetos para a Casa e se for beneficiar o município seu voto será a favor.

 DOCUMENTOS LIDOS NO EXPEDIENTE

OF./SEMAS Nº 068/2021, datado de 01 de Junho de 2021, que encaminha a lista de pessoas aptas a concorrerem a doações de terrenos pela Prefeitura;

OF./Nº200/GAPRE, datado de 07 de Junho de 2021, que solicita a retirada do PROJETO DE LEI Nº 012/2021/GAPRE, datado de 15 de Março de 2021, de autoria do Executivo Municipal, que institui o regime jurídico único dos servidores do município de Assis Brasil e dá outras providências.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.